Cadastre-se e receba novidades de Promovol Eventos

Palmeiras joga bem e estreia com vitória sobre o Tigre na Libertadores

Palmeiras joga bem e estreia com vitória sobre o Tigre na Libertadores

Resumão

A obsessão começou com esperança. O Palmeiras foi à Argentina e estreou na Libertadores da América com vitória de 2 a 0 sobre o Tigre na noite desta quarta-feira. Com atuação segura, superior ao adversário durante boa parte do jogo, o time alviverde fez um gol em cada período: Luiz Adriano no primeiro, Willian no segundo. E poderia ter feito outros – Rony e Dudu desperdiçaram boas chances, e Ramires e Willian acertaram o travessão do adversário, que teve um jogador expulso na etapa final.

Como fica

Com a vitória, o Palmeiras larga com três pontos, empatado na liderança com o Guaraní-PAR, que também estreou com vitória por 2 a 0 – sobre o Bolívar-BOL. O Tigre começa zerado. 

Próximos jogos

Pela Libertadores, o Palmeiras volta a campo na próxima terça-feira, contra o Guaraní do Paraguai – que eliminou o Corinthians e impediu o Dérbi na Libertadores. No mesmo dia, o Tigre visita o Bolívar na Bolívia. Antes disso, o Verdão volta a jogar pelo Campeonato Paulista. No sábado, recebe a Ferroviária às 17h.

Primeiro tempo

O Palmeiras começou o jogo com personalidade, tentando explorar a velocidade dos jogadores de frente, com Willian (pela direita), Dudu (centralizado, mas livre para flutuar) e Rony (esquerda) auxiliando o jogador mais avançado, Luiz Adriano. Aos poucos, o time foi criando chances de finalizar a gol e viu seus laterais crescerem em campo. Aos 15, saiu o gol. Gabriel Menino roubou a bola pela direita, e ela passou por Willian, Dudu e novamente Willian até chegar para Luiz Adriano se livrar do marcador e mandar bonito chute: 1 a 0. Depois disso, porém, caiu o rendimento do Palmeiras. O Tigre se soltou mais e começou a ameaçar. As melhores chances foram em avanço de Morales, que encontrou um buraco no sistema de marcação palmeirense, e Melivillo, em chute cruzado que raspou a trave de Weverton.

Segundo tempo

A necessidade do Tigre de atacar o Palmeiras tornou o jogo aberto no segundo tempo, com ataques de lado a lado, lançamentos em profundidade e exploração de espaços – especialmente com o ataque alviverde encontrando brechas na defesa argentina. Ramires, em chute de fora da área, quase ampliou aos 6 minutos. Acertou o travessão. Dudu, aos 12, entrou livre na área, mas desperdiçou a jogada ao errar a assistência. A situação do Palmeiras melhorou quando Acuña foi expulso por dar um chute em Rony. Na sequência, o próprio Rony perdeu gol feito. Mas não fez tanta falta, porque Willian, aos 19, bateu colocado e fez o 2 a 0, em assistência justamente de Rony. O placar deixou o jogo mais controlado para o Verdão, que ainda teve chances de ampliar – especialmente com Willian, que reclamou de pênalti em um lance e aproveitou que o goleiro saiu da área e acertou o travessão em outra.

A estreia de Rony como titular

Rony foi titular do Palmeiras pela primeira vez, depois de ir a campo durante o clássico contra o Santos, no sábado passado. Aberto pela esquerda, o atacante tentou explorar a velocidade, uma de suas principais características, e incomodou o sistema de marcação argentino, mas não conseguiu encaixar boas finalizações. Empolgado, chegou a se estranhar com Acuña, em quem deixou o braço – e também acabou atingido. A rusga chegou ao segundo tempo, quando o jogador do Tigre deu um chute no atacante a acabou expulso. Rony, pouco depois, pegou sobra de frente para o gol e perdeu chance claríssima. Recuperou-se na sequência: deu ótimo passe para Willian fazer 2 a 0.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/sp

Apoio / Parceiros

Sobre a Promovol

Todos os direitos reservados a Promovoleventos.com.br