Cadastre-se e receba novidades de Promovol Eventos

Fora o baile! Com show de Guerrero, Inter vence Universidad Católica na abertura do Grupo E

Fora o baile! Com show de Guerrero, Inter vence Universidad Católica na abertura do Grupo E

Resumão

Os primeiros 45 minutos de Inter x Universidad Católica foram meramente protocolares para dar alguma emoção à partida. Pois, após perder inúmeras chances, o Colorado desandou na etapa final e fez 3 a 0 na noite desta terça-feira, pela primeira rodada do Grupo E da Libertadores. Com dois gols e uma assistência, Guerrero foi o nome do jogo.

Na tabela

A vitória coloca o Inter na liderança do Grupo E da Libertadores, com três pontos. Só perde o posto se Grêmio ou América de Cali vencer por quatro gols de diferença. A Universidad Católica fica zerada, em último.

Agenda

Agora, o Inter já pensa no Gre-Nal histórico da Libertadores. O primeiro clássico contra o Grêmio será no dia 12, na Arena, às 21h. Mas no próximo domingo o Colorado tem compromisso pelo Gauchão. Às 19h, recebe o Brasil de Pelotas, no Beira-Rio. A Universidad Católica volta a atuar pela Libertadores na terça-feira que vem. Enfrenta o América de Cali, às 19h15, no Chile.

Ele sabe a hora!

Paolo Guerrero tinha apenas um gol na temporada até o jogo da semana passada, contra o Tolima. Garantiu a vitória por 1 a 0 e a classificação à fase de grupos da Libertadores. Na noite desta terça, abriu o placar de falta e depois fez mais um para garantir os três pontos. Mas ainda sobrou tempo para dar a assistência para o gol de Marcos Guilherme. Virou o artilheiro da equipe na temporada, com quatro bolas na rede.

As mudanças de Coudet

Pela primeira vez na temporada, Eduardo Coudet mandou o Inter a campo sem a dupla Rodrigo Lindoso e Musto. Sem D’Alessandro, optou por Marcos Guilherme e Thiago Galhardo. Edenilson fechou o meio, enquanto Marcos Guilherme foi deslocado para a direita. O Inter alugou o campo da Católica e empilhou chances, justamente com as duas novidades, no primeiro tempo. O gol não saiu por detalhe. Até o primeiro gol de Guerrero, aos 16 minutos da segunda etapa, a equipe já tinha finalizado 20 vezes.

Intensidade até do técnico

Na comemoração do primeiro gol colorado, o técnico Eduardo Coudet abusou – um pouco – da intensidade que tanto prega. Sentiu um problema no ombro direito e teve de ser atendido pelo médico do Inter na casamata. As dores prosseguiram até o apito final. Porém, nada que abale a empolgação do treinador pelos 3 a 0.

Primeiro tempo

O Inter imprimiu uma pressão impressionante nos primeiros minutos. Aos três, Marcos Guilherme já perdia o primeiro gol na cara do goleiro. Depois, Thiago Galhardo, duas vezes, e Guerrero também tiveram a chance de abrir o placar. Mas os chilenos pareciam com a sorte do seu lado. A Universidad Católica limitou-se à defesa e contra-ataques – alguns até perigosos, mas sem assustar Marcelo Lomba. O empate em 0 a 0 ficou barato para os visitantes.

Segundo tempo

O Inter voltou da mesma forma. Aos sete, Uendel foi na linha de fundo e rolou para Galhardo, que foi bloqueado no último segundo por Parot. Na sequência do lance, o mesmo Galhardo tentou de voleio, sobre o gol. Aos 13, Rodinei ficou com a bola dentro da área, limpou a marcação e chutou por cima. Três minutos depois, enfim o gol. Em cobrança de falta, Guerrero acertou a barreira, e a bola enganou o goleiro Dituro. O peruano faria o segundo aos 21, após saída errada adversária e passe na medida de Thiago Galhardo. E o Inter não parou. Aos 25, Guerrero bateu cruzado, e Marcos Guilherme só teve o trabalho de empurrar para fazer o terceiro. Huerta foi expulso aos 31 para fechar a noite perfeita para os gaúchos. Gustagol ainda perderia o quarto no fim do jogo.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/rs

Apoio / Parceiros

Sobre a Promovol

Todos os direitos reservados a Promovoleventos.com.br