Cadastre-se e receba novidades de Promovol Eventos

Com autoridade de campeão e brilho de Ribeiro, Flamengo vence Júnior Barranquilla

Com autoridade de campeão e brilho de Ribeiro, Flamengo vence Júnior Barranquilla

Resumão

Autoridade e segurança de campeão. O Flamengo fez o seu papel fora de casa no primeiro passo da defesa do título da Libertadores. Com uma atuação consistente, fosse nos momentos de se impor ou na hora de segurar a pressão, a equipe de Jorge Jesus venceu por 2 a 1 o Atlético Júnior, na noite desta quarta-feira, no estádio Metropolitano de Barranquilla, na Colômbia. Everton Ribeiro marcou os gols do triunfo pelo Grupo A, enquanto Téo Gutiérrez descontou no fim.

Grupo A

Com o resultado, o Flamengo é o segundo colocado da chave, atrás do Independiente Del Valle, que, também fora de casa, fez 3 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil. Na próxima quarta-feira, o Rubro-Negro recebe o Barcelona, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, enquanto o Júnior Barranquilla vai ao Equador visitar o Del Valle no mesmo dia e horário.

Primeiro tempo

O Flamengo não se intimidou para o estádio Metropolitano com bom público e se mandou para cima do Júnior desde os minutos iniciais. Com cinco minutos, Everton Ribeiro recebeu passe na medida de Arrascaeta para abrir o placar já na terceira finalização rubro-negra. A melhor qualidade técnica dos brasileiros ditou o ritmo da etapa inicial, mas na reta final os colombianos fizeram valer a maior força física para equilibrar as ações. Téo Gutiérrez abusou das pancadas para atrapalhar a saída de bola do Flamengo e desperdiçou chance clara na frente de Diego Alves.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Flamengo se viu acuado pelo Júnior. Com marcação forte e intensidade no campo ofensivo, os colombianos empurraram o time de Jorge Jesus para trás, mas pecavam na falta de qualidade técnica para criar as jogadas. Invariavelmente, os donos da casa apelavam para cruzamentos na área e paravam em um impecável Gustavo Henrique. Naturalmente, a equipe de Barranquilla dava espaço. Gabriel desperdiçou três oportunidades, até que encontrou Michael nas costas da zaga para rolar e Ribeiro tirar do goleiro com classe. Vitória garantida. Téo Gutiérrez ainda descontou no fim, mas não havia tempo para mais nada.

Deram conta do recado

Os desfalques eram de peso. Rafinha, Rodrigo Caio, Willian Arão e Bruno Henrique são intocáveis no time titular do Flamengo. Mas os substitutos não deixaram a desejar em Barranquilla. Jorge Jesus apostou em João Lucas e o jovem cumpriu seu papel. Apesar de um cartão amarelo precoce, o lateral foi seguro na defesa e ainda se arriscou em alguns lances no ataque no primeiro tempo. Vitinho também foi bem, iniciando a jogada do primeiro gol, mas o grande destaque foi Thiago Maia. O volante foi perfeito no desarme e ainda ajudou muito na saída de bola no maltratado gramado do estádio Metropolitano.

Ídolo da garotada!

Gabigol não foi às redes pela primeira vez na temporada, mas nem por isso deixou de ser protagonista em Barranquilla. Em campo, desperdiçou boas chances e iniciou a jogada do segundo gol de Everton Ribeiro. Fora de campo, porém, foi o centro das atenções desde o aquecimento. Antes do jogo começar, levou um torcedor colombiano às lágrimas por presenteá-lo com uma camisa. Ao apito final, viu um outro torcedor do Júnior invadir o campo para abraçá-lo e também retribuiu com sua camisa e um par de chuteiras. Mais lágrimas dos rivais.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/rj

Apoio / Parceiros

Sobre a Promovol

Todos os direitos reservados a Promovoleventos.com.br